31 de ago de 2011

Invade, arde, carece de cantar


"Ébano e Marfim, vivendo juntos  em perfeita harmonia. Lado a lado no teclado do meu piano. Oh, Senhor, porque nós não?"


Quando escolhia o repertório para show de Miami, pensei em fazer algo do Milton Nascimento. Uma vez um amigo me sugeriu cantar "Certas Canções" e isso ficou ali guardado em um canto da minha memória.  Achei que o momento tinha chegado de cantar essa canção. 
O que não me lembrei de imediato é que essa música foi feita em homenagem a música Ebony and Ivory, como disse o Milton certa vez em entrevista:


"Quando ouvi Paul McCartney e Stevie Wonder cantando Ebony and Ivory, fiquei desesperado,(...) por que eu não pensei nisso antes?"

E eu  inadvertidamente pensei em fazê-la em voz e piano. Essa sinergia que a música nos traz é encantadora!


Ouçam comigo "Certas Canções"(Tunai - Sergio Natureza)






Glaucia Nahsser é uma artista patrocinada pela Syngenta

24 de ago de 2011

A visitante

Cena do filme O Visitante. Ao fundo, Lábios de Cetim, com Glaucia Nahsser


O filme O Visitante ( The Visitor, 2006), que teve indicação ao Oscar de melhor ator para Richard Jenkins é uma comovente história que trata basicamente das dificuldades encontradas pelos imigrantes ilegais nos EUA após o fatídico 11/09. Como pano de fundo, costurando e ponteando tudo, ela: a música. Sempre ela, como a linguagem capaz de transpor qualquer barreira.

Pois a música agora está levando Glaucia Nahsser a se apresentar no Fine Arts Concerts, em Miami, ao lado de Chico Pinheiro - os únicos brasileiros convidados em meio a tantos artistas de todas as partes.
Uma visitante que certamente saberá dizer a que veio, e se fará entender muito bem por todos os presentes.

Glaucia Nahsser é uma artista patrocinada pela Syngenta




Lábios de Cetim, com Glaucia Nahsser, está na trilha sonora original do filme O Visitante


16 de ago de 2011

Enquanto isso, nos bastidores...

Alguns clicks durante a passagem de som para o Jornal da Record News

 








Glaucia Nahsser é uma artista patrocinada pela Syngenta

Heródoto Barbeiro recebe Glaucia Nahsser no Jornal da Record News

Glaucia e Heródoto com seu Vambora

Mas essa semana começou boa demais! Olha que chique: mais uma entrevista pra nossa coleção!
A de hoje, 15 de agosto, foi ao vivo, direto dos estúdios do Jornal Record News, da Rede Record.
Dá uma olhada:









E ainda teve mais a "saideira " exclusiva pro Portal R7. Que luxo!









Glaucia Nahsser é uma artista patrocinada pela Syngenta

13 de ago de 2011

Temos nosso próprio tempo



Fui ao show de lançamento do cd "Tardio" do meu parceiro e amigo Alexandre Lemos. E como é de costume, foi mais um momento que me fez refletir.

Estamos nesse mundo onde o que se vê é mais importante do que o que se sente. Um mundo de formas "perfeitas", onde existe o tempo "certo", pra que algo comece ou termine. A impressão que tenho é que continuamos vivos, mas como qualquer produto de uma prateleira de um supermercado qualquer, perdemos o "tempo de validade".Será que perdi o meu?... Como se houvesse um tempo certo ou errado para ampliar nossas fronteiras.

Adoro desafiar o tempo e o espaço. Me sentir fora deles. Começar quando todo mundo acha que é hora de terminar, me atrever quando o esperado é me acomodar, ir a busca daquilo que ainda não experimentei e assim me arriscar e me arriscar.

Alexandre Lemos começa um novo momento. Movimenta-se rumo ao novo quando o esperado seria sentar-se  "em berço esplêndido" e colher os frutos de uma carreira bem sucedida. Parabéns meu Querido Amigo! Sucesso com "Tardio"!



Glaucia Nahsser é uma artista patrocinada pela Syngenta



Daqui pra Frente -  (Glaucia Nahsser, Tiago Vianna  e Alexandre Lemos)

8 de ago de 2011

Será arte?





Uma parte de mim
é só vertigem:outra parte,
linguagem.

Traduzir-se uma parte
na outra parte - que é uma questão
de vida ou morte -será arte?

( Traduzir-se - Ferreira Gullar)


Certa vez ouvi que Ney Matogrosso não se refere a si mesmo como cantor e sim como artista. E eu fiquei encasquetada com aquilo. Eu ainda iniciava minha carreira e queria ser "cantora". Só o tempo me mostrou essa linha divisória. Um artista pode usar várias formas para manifestar sua arte. Um cantor, é apenas alguém que canta. Isso quase todo mundo pode fazer. Cada dia que passa encontramos muito mais cantores do que artistas que manifestam sua arte através do canto. E é assim também para estilistas, desenhistas, pintores, escultores.
 Pra ser artista temos que ir buscar fundo, retirar as algemas que nos separam das nossas verdades internas por medo de sofrer ao encontrá-las. Penso que seja também por isso  que artistas como Maria Bethânia e Ney Matogrosso atravessam gerações.
E foi ali, nas roupas de Fernanda Yamamoto que  também encontrei uma artista. Ela transmite leveza, esperança, arrojo, alegria nas suas criações. E só uma artista nos faz "sentir" algo que não se explica em palavras. Muito bom conhecer Fernanda e me emocionar com sua arte!


Glaucia Nahsser é uma artista patrocinada pela Syngenta


Vida de Artista - Gal Costa (Sueli Costa e Abel Silva)


6 de ago de 2011

Falo desse chão da nossa casa

Capa do álbum Clube da Esquina (1972)



Feira Moderna, um convite sensual
Oh, telefonista se a distância já morreu...


Nada mais apropriado para celebrar um convite para cantar no exterior. Chegou a hora de botar o pé na estrada, sem perder o ninho de vista. Ganhar o mundo levando a poeira do chão de casa sempre na sola dos sapatos. Agora já não dá mais pra voltar atrás. Vamos em frente!


Estou aqui ouvindo Beto Guedes e Milton Nascimento. Escolhendo duas músicas para o show de Miami. uma pra fazer com Tiago Costa – piano e voz e outra pra fazer com Chico Pinheiro e Tiago Costa – violão , piano e voz com aqueles solos que só o Chico sabe fazer no violão.  Me sinto muito honrada por ter o Chico nessa participação comigo no meu show dos EUA. E de repente me pego compreendendo porque minha música é o que é. Nesse momento ouvindo Feira Moderna de Beto Guedes. Esse mpb pop mineiro que cantei junto, sonhei junto, e aprendi tanto! 



Glaucia Nahsser é uma artista patrocinada pela Syngenta





Feira Moderna - (Beto Guedes, Lô Borges e Fernando Brant)

3 de ago de 2011

Abre as asas sobre mim





O irlandês Oscar Wilde (Dublin, 1854-Paris, 1900), homem indiscutivelmente à frente do seu tempo, além de brilhante escritor, soube levar sua ânsia de viver intensamente até as últimas consequências- o que lhe custou 2 anos encarcerado, e um final de vida na penúria. Mas viveu como quis.

Sobre seu livro De Profundis, escrito ainda na prisão, há uma frase que convida à reflexão sobre o que é ser liberto: "É trágico ver quão poucas pessoas chegam a "possuir suas próprias almas" antes de morrer. Oscar Wilde."Nada é mais raro num homem do que um ato independente" Emerson.


E aí eu refleti sobre o que é ser liberto. Pra mim ser liberto é não depender da grife da moda, do carro do ano, do sucesso, do dinheiro, de ser lembrado, de ser bem falado, do poder. Ser livre é não" ter que" nada, é ser simplesmente.  Só alguém liberto pode realmente fazer arte com isenção, com alma. 
Estou perseguindo essa liberdade.


Quero ser essa artista  e pessoa liberta.  Quero ser inteira  no que faço e estou "caçando" isso.  Estou mergulhada em mim mesma  pra descobrir e alcançar essa liberdade.
Vambora agora que é hora de inventar. Eu e você , um bom lugar que dê pra ir a pé. Vambora já, pra namorar ou pra morrer de rir. Se quiser ir , é só sair lá for a e procurar.... Ser liberto é isso!




Glaucia Nahsser é uma artista patrocinada pela Syngenta







Zezé Mota - Senhora Liberdade ( Wilson Moreira e Nei Lopes)